Economia

Dólar fecha em queda e Ibovespa opera em leve alta nesta segunda-feira, 21 de novembro

Ouça a matéria

O dólar encerrou esta segunda-feira, 21 de novembro, em queda de 1,18%, cotado a R$ 5,311, apesar da força da moeda norte-americana no exterior, com investidores reagindo positivamente a falas mais conciliadoras de Luiz Inácio Lula da Silva sobre a postura fiscal do Brasil e se atendo a esperanças de que a PEC da Transição seja desidratada durante tramitação no Congresso.

Foi a maior desvalorização percentual diária desde o último dia 11 (-1,24%) e o patamar de encerramento mais baixo em exatamente uma semana (R$ 5,30); as 17h00, o Ibovespa operava no campo positivo, subindo 0,9%, aos 109.854 pontos.

No começo da tarde, o principal índice da bolsa foi influenciado pelos principais índices de Wall Street, que começavam a semana em baixa, devido a restrições de combate à Covid-19 na China e a perdas nas ações de energia após notícias de provável aumento na produção de petróleo.

Os mercados globais também ficaram assustados com um aumento nos casos de Covid-19 na China, já que a segunda maior economia do mundo fechou empresas e escolas em distritos atingidos e endureceu as regras para entrar na capital à medida que as infecções avançam.

Pela manhã, o Ibovespa operava em alta, com os mercados reagindo positivamente a falas recentes mais conciliadoras do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva sobre a futura postura fiscal do Brasil; na semana passada, o principal índice da bolsa caiu 3% e o dólar subiu 0,75% no acumulado do período, refletindo o aumento dos riscos fiscais, após a apresentação da minuta da PEC do Estouro com o valor de R$ 200 bilhões ante os R$ 175 bilhões que eram esperados.

Via
CNN Brasil

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo