Litoral

Secretário da Pesca de Guaratuba participa da Elaboração do Plano de Gestão da Pesca de Camarões, em Brasília

Ouça a matéria

Nos dias 11 e 12 de março o Secretário da Pesca e Agricultura de Guaratuba, Cidalgo José Chinasso Filho, participou da 1º Oficina de Elaboração do Plano de Gestão da Pesca de Camarões – Região Sul e Sudeste na ENAGRO- Escola Nacional de Gestão Agropecuária em Brasília. A oficina faz parte do Projeto Manejo Sustentável da Fauna Acompanhante na Pesca de Arrasto na América Latina e Caribe – REBYC II-LAC.

Lembramos que o Projeto REBYC II- LAC, é uma iniciativa conjunta da FAO (sigla do inglês Food and Agriculture Organization) e do Fundo Mundial para o Meio Ambiente- FMAM (Global Environment Facility- GEF, por sua sigla em inglês), conduzido nacionalmente pela SAP/MAPA, visando à gestão sustentável da pesca de camarões, incluindo a redução de desperdícios, assim como desenvolver tecnologias para mitigar o impacto dessa atividade.

O REBYC II-LAC envolve, além do Brasil, outros cinco países: Colômbia, Costa Rica, México, Suriname, Trindade e Tobago. Esses países compartilham recursos pesqueiros e têm nas pescarias de arrasto de fundo para camarão e peixes uma importante atividade socioeconômica, além das pescarias representarem significativa contribuição para a geração de emprego, renda, segurança alimentar e divisas. No caso do Brasil, dadas as grandes dimensões do país e a multiplicidade de artes de pesca e métodos utilizados, o projeto se concentrará exclusivamente na atividade de arrasto de camarão, considerando-se as seguintes regiões geográficas: Norte, Nordeste, Central e Sul/Sudeste.

“A participação na oficina de plano de gestão nesses dois dias foi muito importante, já que estiveram presentes pescadores de todos os Estados das regiões Sul e Sudeste, além de pesquisadores e representantes do Projeto REBYC II-LAC, que se reuniram e chegaram a um denominador comum para a melhoria na Gestão da pesca de Camarões, elaborando ações e recomendações a Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP). Os reflexos dessas recomendações serão determinantes em nosso Município”, esclarece o Secretário Municipal de Pesca, Cidalgo Chinasso Filho.

Durante o encontro foi apresentado o projeto, sua história, objetivos, metas, resultados e próximos passos, também abordou o diagnóstico da pesca de camarões em seu saber cientifico e tradicional e, claro, longos e importantes debates entre pescadores, pesquisadores e governo. Além de oficinas participativas de gestão da pesca e de Camarões com seus métodos regionais.

Estiveram presentes em Brasília: Cidalgo Filho, Mauro Francisco Maia, Nilson Pedro, Manoel Machado e José Tavares. Todos representando o Estado do Paraná.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo