Coronavirus no ParanáSaúde

Secretaria de Saúde do Estado confirma seis casos de Coronavírus no Paraná

Ouça a matéria

O secretário de Estado da Saúde Beto Preto informou nesta quinta-feira (12), durante entrevista coletiva, que o Paraná tem seis casos de coronavírus confirmados. Cinco pessoas residem em Curitiba e uma em Cianorte, na Região Noroeste. Todos os casos são importados, ou seja, em que os pacientes foram contaminados durante viagem ao Exterior. A secretária municipal de Saúde da Capital, Márcia Huçulak, também participou da divulgação para a imprensa.

O secretário alertou que o momento é de intensificação das medidas de prevenção. “O Estado está preparado para este enfrentamento. Seguimos as medidas de contenção e de prevenção estabelecidas pelo Ministério da Saúde e contamos com o apoio das secretarias municipais, que é fundamental”.

Ele salientou ainda que não há motivo para pânico. “O que devemos é ressaltar as medidas preventivas e tranquilizar os parananenses quanto à estrutura de saúde organizada no Estado”.

Desde o registro dos primeiros casos da doença na China, o Paraná já iniciou a implantação de medidas de contenção. Foi um dos primeiros estados do País a instalar o Centro de Operações de Emergências (COE) e a definir o Plano de Contingências, disponível no site da Secretaria de Esta do da Saúde.

CASOS – Os casos confirmados pelo Laboratório Central do Paraná (Lacen) são: pai e filha, de 54 anos e 25 anos, residentes em Curitiba, que passaram pela Espanha, Portugal, Holanda, Madri e Lisboa; pai e filho, de 43 e 15 anos, também de Curitiba, que estiveram na Itália; um homem de 58 anos, de Curitiba, que visitou a Itália, e uma mulher de Cianorte, de 47 anos, que esteve nos Emirados Árabes.

O Lacen iniciou os exames confirmatórios ainda na noite de ontem. Os técnicos do laboratório fizeram uma grande força-tarefa para a conclusão das análises.

O Lacen passa a realizar os exames do coronavírus, como instituição referência do Ministério da Saúde, utilizando as técnicas e kits padronizados pelo governo federal. A princípio, o Estado recebeu 10 kits para exames específicos do coronavírus, que possibilitam 240 testes. Para a divulgação de resultados, o Lacen estabelece o período de 48 horas a partir da chegada das amostras no laboratório.

REDE – O Estado está estruturado com rede hospitalar formada por dez hospitais habilitados pelo Ministério da Saúde: Complexo Hospitalar do Trabalhador (Curitiba), Hospital Regional do Litoral (Paranaguá), Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (Ponta Grossa), Hospital Municipal Padre Germano Lauck (Foz do Iguaçu), Hospital Universitário do Oeste do Paraná (Cascavel), Hospital Regional do Sudoeste Walter Alberto Pecoits (Francisco Beltrão), Hospital Universitário Regional de Maringá (Maringá), Uopeccan (Umuarama), Hospital Universitário da Região Norte do Paraná (Londrina) e Instituto Lucena Sanchez (Ivaiporã).

Além destas instituições, o Paraná conta com toda a rede de hospitais para urgência e emergência, com leitos de UTI.

Fonte
Agência Estadual de Notícias - AEN

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo