Ratinho Junior, Romeu Zema e Eduardo Leite defendem fim da reeleição e mandato de cinco anos

Carlos Moraes
Foto: Ari Dias/AEN-PR

Em seu segundo mandato no Governo do Paraná, o governador Ratinho Junior (PSD) defendeu o fim da reeleição e mandato único de cinco anos. Atualmente, governador e presidente podem se reeleger uma vez e ficar até oito anos no cargo.

Ratinho Junior comentou sobre a possível mudança. “Eu gosto da ideia dos cinco anos. Eu acho que quatro é muito pouco e talvez oito seja muito. Cinco é um equilíbrio do tempo para o governante poder implantar um projeto de desenvolvimento”, disse.

A declaração foi dada durante o 10º encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), que ocorre em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na última quinta-feira (29). Além de Ratinho Junior, os governadores Romeu Zema (Novo) e Eduardo Leite (PSDB), que também estão no segundo mandato, defenderam as mudanças.

O assunto surgiu após líderes do Senado começarem a discutir a apresentação de uma proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acaba com a reeleição para os cargos de prefeito, governador e presidente.

A proposta seria de criação de um mandato de cinco anos para todos os cargos eletivos. A única exceção seriam os senadores, cujos mandatos passariam a ser de dez anos. Além disso, existe a possibilidade de unir as eleições municipais e gerais.

Para tramitar no senado, a PEC precisa de, no mínimo, 27 assinaturas.

Compartilhe este Artigo