LitoralMeio ambiente

No litoral do Paraná, pesquisadores realizam contagem de peixe ameaçado de extinção

Ouça a matéria

Pesquisadores que atual no Litoral do Paraná percorreram a costa, avançando pelo Oceano Atlântico, para realizar um trabalho de contagem para ajudar na preservação de um peixe gigante, ameaçado de extinção da espécie Mero, conhecida como “rei das pedras”.

De acordo com informações a espécie Mero pode chegar a três metros de comprimento e pesar mais de 300kg; em águas mais claras é possível ter dimensão da grandeza do animal, o peixe é chamado de “rei das pedras” porque é grande, tem cor esverdeada e se camufla como uma rocha.

De acordo com os pesquisadores, o trabalho de contagem da espécie começou em novembro de 2021; os estudiosos capturaram as imagens e medem o espaço para saber quais espécies formam o ecossistema da região; as informações coletadas vão para um “bloco de notas” subaquáticos.

Os pesquisadores acomponham a evolução da espécie dá uma década, nesse período, a população de 64 espécies de peixes aumentou, inclusive o mero; para que a biodiversidade e a população de Meros continuem crescendo, os pesquisadores pretendem continuar com o trabalho na região.Pesquisadores do litoral do Paraná fazem ‘Censo’ dos meros, peixes ameaçados de extinção que chegam a pesar 300 quilos

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo