Política

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Bolsonaro, morre no RJ

Ouça a matéria

Pré-candidato a prefeitura do Rio de Janeiro e ex-ministro do governo Bolsonaro, Gustavo Bebianno, morre na madrugada deste sábado (14) em Teresópolis, Região Serrana do Rio, após um infarto.

Bebianno, 56 anos, estava em seu sítio, com seu filho. O mesmo passou mal e sofreu uma queda. Morreu logo após ser levado a um hospital. A morte foi confirmada pelo amigo e presidente estadual do PSDB, Paulo Marinho. “A cidade do Rio perdeu um candidato que iria enriquecer o debate eleitoral, e eu perdi um irmão”, afirmou Marinho.

Gustavo Bebianno foi líder do Partido Social Liberal (PSL) e, ocupou, o cargo de ministro da Secretaria Geral da Presidência da Republica. Ele foi o pivô da primeira crise política do governo Bolsonaro, gerada pela suspeita de que o PSL fez uso de candidaturas “laranjas” nas eleições de 2018 para desviar verbas públicas. Ele sempre negou qualquer irregularidade.

Fonte
g1

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo