Geral

Fiscais do IBAMA apreendem cerca 37 toneladas de pescados, em Guaratuba

Duas empresas foram notificadas por armazenar camarão sem declaração de estoque e não apresentação do Registro Geral de Pesca

Ouça a matéria

Uma operação realizada pelos fiscais do IBAMA com a apoio de agentes da Polícia Federal e Polícia Civil, apreenderam cerca de 37 toneladas de pescados, em Guaratuba, oriundos de pescaria durante o período de defeso do camarão.

A ação iniciou na terça-feira (10), com a notificação em duas empresas por armazenar camarão sem declaração de estoque e não apresentação do Registro Geral de Pesca.

Nesta quarta-feira (11), as equipes retornaram as empresas para retirada dos produtos. Policiais Federais do Núcleo de Polícia Marítima (NEPOM) e do Grupo de Pronta Intervenção (GPI), servidores do IBAMA e Policiais Civis do Grupo de Operações Aéreas (GOA/PC), estiveram envolvidos na operação que buscou verificar junto às indústrias pesqueiras, a documentação como licenças ambientais.

Foram constatados o armazenamento e beneficiamento de camarão não declarado ao Ibama, bem como espécies diversas de peixes, como linguado, sardinha, pescada, manjuba, entre outros.

Todos os produtos apreendidos foram doados ao programa Mesa Brasil e Fome Zero, do Serviço Social do Comércio (Sesc) no Paraná e de Santa Catarina.

Foto: Divulgação/Polícia Federal e IBAMA

O período de defeso existe para proteger a reprodução e a extinção da espécie. Conforme o Ibama, o desrespeito ao período do defeso é crime e quem for flagrado capturando a espécie entre 1º de março e 31 de maio pode ser punido com advertência, multas, apreensão do produto e até suspensão da embarcação.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo