Coronavirus no ParanáSaúde

No Paraná, dados revelam que Covid-19 matou mais crianças que outras 14 doenças em dez anos

Ouça a matéria

De acordo com os dados técnicos da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, a Sesa, desde o início da pandemia, a Covid-19 já matou mais crianças com até cinco anos do que a soma de todas as mortes nessa faixa etária ao longo de 10 anos por doença preveníveis por vacina.

De acordo com a Sesa, a epidemia de Covid-19 provocou a morte de cerca de 49 crianças pequenas no Estado do Paraná; conforme os dados, o ano com mais falecimentos foi 2021, com 30 registros de óbitos, enquanto outros 18 óbitos foram divulgados neste ano.

Os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade, o SIM, do Ministério da Saúde, apontam que, entre 2011 e 2020, as doenças que compõe a Lista Brasileira de Mortes Evitáveis, para menores de 5 anos, ocasionaram 45 óbitos no Estado; o ano com mais mortes foi 2014, com 10 falecimentos.

A lista foi formulada por especialistas de áreas ligadas à saúde infantil, ela inclui: neurotuberculose, tuberculose miliar, tétano neonatal, tétano, difteria, coqueluche, poliomielite, sarampo, rubéola, hepatite B, caxumba, rubéola congênita, hepatite viral congênita e meningite meningocócica do tipo B.

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, de 2011 até 2020 foram registrados 45 óbitos por causas evitáveis entre crianças de 0 a 5 anos no Paraná; e, de acordo com os dados da Sesa-PR, desde o início da pandemia de Covid-19 foram registrados 49 óbitos entre crianças de 0 a 5 anos no Estado.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo