Saúde

Coronavírus: novo caso suspeito é confirmado pela Secretaria de Saúde

Ouça a matéria

Mais um caso suspeito de contaminação pelo novo coronavírus foi registrado na cidade de Ponta Grossa. Na noite de ontem (26), a Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) informou que uma mulher, que esteve na Itália recentemente, procurou atendimento médico apresentando os sintomas da doença. Ela permanece em isolamento. Ainda de acordo com a secretaria, amostras foram coletadas para que exames fossem realizados. Os resultados devem sair até o fim da semana. Caso seja confirmada a ausência do vírus no organismo, as amostras serão encaminhadas para avaliação da Fiocruz.

Esse é a segunda suspeita do coronavírus em Ponta Grossa. No início do mês, uma criança de sete anos, que visitou a China, passou por exames laboratoriais para detecção. O secretário estadual de saúde, Beto Preto, na época, afirma que todos os procedimentos seguem normas internacionais, o que garante maior rigor e eficácia nos atendimentos. “O Paraná vem seguindo os trâmites e protocolos estabelecidos internacionalmente para a situação do Novo Coronavírus e estamos tratando todas as situações de fluxo de atendimento e de medidas preventivas de forma rigorosa e com toda transparência.”

 

O Ministério da Saúde apresenta orientações para evitar o risco de contágio do Covid-19. Leia:

“O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.”

(Redação de Victor Assis, com informações da Agência de Notícias do Paraná e Ministério da Saúde)

Leia mais| Coronavírus: contraprova confirma primeiro caso da doença no Brasil

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo