Curiosidades sobre o COVID-19Saúde

Como limpar o celular, cuidados de higiene com o aparelho para frear pandemia

Ouça a matéria

Cada vez mais o telefone celular passa horas em nossas mãos. A tela dele recebe em média cerca de 2,6 mil toques por dia, segundo estudo de 2016 da consultora Dscout. Mesmo antes da pandemia de coronavírus, utilizar o aparelho dia a noite nas mais diversas situações – até quando se vai ao banheiro – demanda alguns cuidados para que ele não se transforme em um disseminador de vírus e bactérias.

As próprias fabricantes disponibilizam manuais de limpeza dos celulares. Apple, Samsung e Motorola, por exemplo, indicam a utilização de panos macios umedecidos em solução de água e sabão( espremido sem excesso de àgua) ou álcool isopropílico 70%. 

O álcool gel não deve ser utilizado devido ao risco de danificar a tela e outros componentes dos aparelhos. O isopropílico é o produto utilizado por assistências técnicas especializadas.

Um estudo da faculdade de medicina da Universidade do Tennessee, nos EUA, em 2003, investigou quanto tempo o sars – outro tipo de vírus da família corona – resistia vivo e com capacidade de contaminação. O resultado na superfície de vidro foi 96 horas.

 lista cuidados na hora de limpar seu aparelho:

  • Use somente panos macios que não soltem fiapos. Evite usar toalhas, lenços abrasivos, toalhas de papel e itens parecidos
  • Evite limpar em excesso, pois podem ocorrer danos
  • Desconecte todas as fontes de alimentação externas, dispositivos e cabos
  • Mantenha líquidos longe do produto, exceto se houver orientações para produtos específicos
  • Não deixe entrar umidade nas aberturas
  • Não use spray aerossol, água sanitária ou abrasivos
  • Não borrife produtos de limpeza diretamente no item
Fonte
Gauchazh

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo