Cidade paranaense começa a distribuir medicamentos à base de cannabis

Carlos Moraes
Foto: Pixabay

Mandaguari, no noroeste do Paraná, iniciou a distribuição de cannabis medicinal para moradores com 2 anos ou mais, que sofrem de Transtorno do Espectro Autista (TEA) ou epilepsia refratária, desde que apresentem a documentação necessária conforme estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde.

O município realizou uma licitação no valor de R$ 868 mil para adquirir 5 produtos derivados de CBD, incluindo 2 variações de Canabidiol Prati Donaduzzi, 2 opções de extrato de Cannabis Sativa Greencare e 1 variedade de Canabidiol Aura Pharma.

Os moradores interessados em receber esses produtos devem comprovar residência em Mandaguari por pelo menos seis meses e fornecer uma série de documentos, como receituário médico, laudo de solicitação do produto, ficha de acompanhamento da Estratégia Saúde da Família, cópias de exames e preencher um termo de consentimento.

Compartilhe este Artigo