LitoralSegurança

Carnaval não tem mortes por afogamento, segundo Bombeiros

Ouça a matéria

Uma conquista muito importante para a segurança pública do Litoral. Pelo segundo ano consecutivo, o Corpo de Bombeiros registrou zero mortes por afogamento durante o carnaval. De acordo com informações divulgadas na tarde de ontem (26), quedas expressivas em salvamentos (50,6%) e advertências (30,09%) são reflexos de uma maior conscientização da população. “Tivemos esses resultados excelentes porque a população entendeu melhor sobre a prevenção. Tivemos um trabalho muito intenso neste Carnaval, mas o envolvimento maior das pessoas foi essencial”, comenta o Comandante do 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB), major Jonas Emmanuel Benghi Pinto.

Junto aos guarda-vidas, uma série de recursos contribuiu para os bons resultados. Motos aquáticas no mar, quadriciclos na terra e helicópteros no ar foram essenciais para que os resgates pudessem ser realizados com rapidez e prontidão. Na última terça-feira (25), por exemplo, o apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) asseguraram o rápido encaminhamento de uma vítima de afogamento, em Guaratuba, para o Hospital Regional do Litoral em Paranaguá.

Em balanço geral da atuação do Corpo de Bombeiros durante o feriado, sete salvamentos terrestres foram registrados, além de 52 pessoas resgatadas do mar e outras 46 que receberam o auxílio dos guarda-vidas para saírem da água. A agilidade na localização de crianças perdidas resultou no atendimento e solução de 28 casos.

Um número curioso, porém, diz respeito ao grande crescimento de casos de acidentes envolvendo águas-vivas e caravelas. Em comparação ao ano passado, houve um aumento de 55 casos para 364. Segundo o Corpo de Bombeiros, a situação é atípica e foi provocado por uma série de fatores combinados, como “corrente marítima, temperatura da água e questões de reprodução das espécies”.

Até o dia 1º de maio, o 8º Grupamento manterá Postos de Guarda-Vidas fica em atividade reforçada em finais de semana e feriados. Um aplicativo está disponível para informar a localização dos postos de guarda-vidas.

 

(Redação de Victor Assis, com informações da Agência da Polícia Militar do Paraná)

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo