EsportesSegurança

Campeão mundial de jiu-jitsu é assasinado, por Policial Militar, durante show em São Paulo

Ouça a matéria

Na madrugada do último domingo, 07 de agosto, o campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo, foi baleado e morto após ser baleado durante um show no Clube Sírio, no Estado de São Paulo; o atirador é um Policial Militar, de aproximadamente 30 anos, que estava de folga.

Segundo relatos de testemunhas, o desentendimento teve início após o Policial Militar entrar na roda de amigos e familiares de Leandro Lo, pegar uma garrafa de bebida e começar a chacoalha-la; o lutador, então, teria derruba e imobilizado o mesmo.

Foi então que o Policial Militar, não identificado, teria sacado uma arma, e, de frente para Lo, atirado uma única vez, na cabeça do lutador, que foi atingido na testa; testemunhas afirmam que o Policial teria chutado o lutador enquanto este estava caído no chão.

Leandro Lo foi levado em estado grave para o Hospital Municipal Doutor Arthur Ribeiro de Saboya, no Bairro Jabaquara em São Paulo, porém, logo após a entrada no Hospital, a junta médica confirmou a morte cerebral do lutador.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, a SSP-SP, informou que não informará o nome do Policial Militar em respeito a Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD; o Órgão afirma que foi pedido a prisão preventiva do suspeito, porém, conforme informações, o policial ainda não foi preso.

Redação Litorânea FM

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do autor. A Rádio Litorânea tem o compromisso de levar a informação através de noticias da nossa região com agilidade e fidelidade aos fatos.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo